EM COTIA, IDOSOS TÊM ISENÇÃO DE ZONA AZUL POR ATÉ DUAS HORAS

Benefício está garantido na Lei Municipal 2.011/2018, sancionada pelo prefeito Rogério Franco, e no Decreto 8.590/2019, mediante o uso do cartão do idoso e em vaga demarcada

Em Cotia, desde 2018, veículos conduzidos ou que transportam pessoas idosas têm gratuidade de até duas horas no pagamento de zona azul, desde que o veículo esteja estacionado em vaga destinada a idosos e com o cartão de identificação. O benefício passou a ser garantido pela lei 2.011/2018, sancionada pelo prefeito Rogério Franco, que inseriu a gratuidade ao artigo 4 da Lei 555/1993 (lei que instituiu a cobrança de zona azul no município) e pelo Decreto 8.590/2019.

Para ter a garantia da isenção na cobrança é preciso que o idoso solicite o cartão de estacionamento à Secretaria de Transportes e Mobilidade (Setram). O processo é todo remoto. Basta digitalizar os documentos e enviar por email para a Setram [veja abaixo]. “Embora tenhamos sancionado essa lei em 2018, muitos idosos não sabem do benefício, deste direito que eles têm. Importante que aqueles que têm pais, avós e amigos idosos informem sobre este direito”, disse o prefeito Rogério Franco.

Como solicitar o Cartão do Idoso

            O cartão de estacionamento do idoso pode ser solicitado à Secretaria de Transportes e Mobilidade (Setram) por e-mail. Basta digitalizar os documentos obrigatórios e enviar para (settranscotiarecepcao@gmail.com). Estando tudo correto com a documentação enviada, a Setram fará a confecção do cartão e informará sobre a data de retirada, que deve ser feita na Rua Jorge Caixe, 246, Portão. Informações 11 4148-6839, 4243-1138 e 4703-2617.

Os documentos obrigatórios são: RG ou CNH, número do CPF, comprovante de residência de Cotia (mês vigente ou, no máximo, de três meses) em nome do requerente (são aceitas: contas de água, gás, luz ou telefone. Informar pelo menos um telefone de contato. Caso o comprovante de endereço esteja no nome do cônjuge, enviar uma foto da certidão de casamento ou declaração de união estável; se estiver em nome de parentes, enviar documentos que comprove o parentesco, caso esteja em nome de terceiros, será preciso enviar declaração em nome do proprietário do imóvel devidamente registrada em cartório.

Fotos: Divulgação | Arquivo

ACESSO À INFORMAÇÃO

 AGENDAMENTO CIT APADRINHAMENTO BOLETIM COVID-19 CARTA DE SERVIÇO AO USUÁRIO CARTÃO DE ESTACIONAMENTO CIDADÃO ONLINE CONCURSOS PÚBLICOS CONSELHOS MUNICIPAIS CONTROLADORIA GERAL CONTAS PÚBLICAS DIÁRIO OFICIAL EDITAIS, LICITAÇÕES E CONTRATOS FORMULÁRIOS ÚTEIS LEGISLAÇÃO MUNICIPAL LEI CULTURAL ALDIR BLANC MP COTIA OUVIDORIA GERAL PORTAL DA TRANSPARÊNCIA PRECATÓRIOS TRANSPARÊNCIA COVID-19 SERVIÇOS DO TRABALHADOR ZONA AZUL

Compartilhar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on print
Imprimir
Share on whatsapp
WhatsApp
Redação
Redação

Deixar um Comentário