QUARESMA: TEMPO DE REFLETIR!

Com a quarta-feira de cinzas, os católicos dão início a um novo tempo na liturgia, chamado de quaresma. Muitos perguntam: o que tem de diferente neste tempo? A verdade é que em todos os tempos, os cristãos são chamados a olhar para o Mestre com olhos fixos e atentos aos seus gestos e atitudes. O Mestre é Jesus, é o Senhor Bom Jesus. Jesus fala mais pelos gestos do que pelas palavras. Jesus é o Mestre que ensina com a vida. Ele se aproxima dos leprosos, toca nos doentes, acolhe os marginalizados, dá chance aos considerados pecadores, faz refeição com os últimos da sociedade. Cristão quer dizer “outro Cristo”. Quando Jesus lavou os pés dos seus discípulos, Ele disse: “eu fiz isso para que vós façais a mesma coisa”. Lavar os pés, significa respeitar o outro. Cristão não é simplesmente um “cumpridor de leis e deveres”, mas é alguém que vê Cristo no outro e o respeita de verdade. Não adianta louvar a Cristo com o lábios e ter o coração distante de seus exemplos e cego para os seus ensinamentos.

A quaresma tem um objetivo claro, que é a preparação para a Páscoa do Senhor, ou seja, a celebração da ressurreição de Jesus. A ressurreição é a vitória da vida sobre a morte. Durante a quaresma, se recomenda o jejum como solidariedade com aqueles que passam fome ou tem dificuldade para viver dignamente. Recomenda-se a oração como forma de diálogo com Deus e fortalecimento no embate e na luta contra o mal; ea caridade como expressão de partilha. Nas celebrações se usa a cor roxa sinal de despojamento e renúncia, para que tenhamos um coração capaz de amar mais a Deus e ao próximo.

Na quaresma, as cinzas não são a lembrança do fim ou de que a nossa existência tem um ponto final. Muito pelo contrário, as cinzas dizem que tudo se transforma. Pelas cinzas, celebramos a transformação das noites escuras em dias ensolarados; do pranto em sorriso; da derrota em vitória.  Assim como a ave chamada fênix, que ressurgiu das cinzas, os nossos corações poderão ressurgir de todas as quedas e abismos. A nossa história poderá ser reescrita e a nossa vida poderá ser reanimada para o novo, a cada instante!

Recomendado para você

Deixe uma resposta