Projeto “Mães Cuidadoras” ganha mais parceiros e vira Empório

Criado com o objetivo de apoiar um grupo de mães de filhos com deficiência, o projeto Mães Cuidadoras está em nova fase. Este ano, após uma reestruturação o Mães Cuidadoras transformou-se em “Empório Mães Cuidadoras”. Ganhou marca própria e muitos parceiros como as secretarias de Cultura, Esportes, Mulher, Educação, Indústria e Comércio e Ganha Tempo. Esses locais disponibilizaram espaços para que as mães comercializem seus produtos.

Iniciado em maio de 2017, o projeto foi idealizado pelo Fundo Social de Solidariedade de Barueri Estrela Guia e visa transformar a vida de mulheres através do empreendedorismo. Inicialmente, 80 mães fizeram suas inscrições na Apae, na sede da Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SDPD) e também na Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (SADS), que custeia o projeto.

As mães tiveram treinamento e acompanhamento na área da gastronomia e aprenderam a fazer doces e salgados com foco em pães. A oferta de produtos foi diversificada nascendo assim o “Empório Mães Cuidadoras” que contempla vários segmentos da gastronomia.

Somadas às aulas de gastronomia, as mães estão aprendendo sobre gestão empreendedora. “Assim, serão capacitadas de forma plena e terão autonomia financeira”, explica Adriana Bueno Molina, secretária de Assistência e Desenvolvimento Social.

Toda capacitação do projeto é feita na SADS, que mantém ainda um ponto permanente de venda dos produtos, fornece os materiais teóricos e orienta sobre escolhas de receitas, embalagens, elaboração de preços e suporte em vendas.

TempTempTemp

Recomendado para você

Deixe uma resposta