Programa Meu Futuro forma 400 pessoas e inicia nova etapa com o dobro de alunos

Mais de 400 jovens e adultos concluíram os 11 cursos profissionalizantes oferecidos gratuitamente no primeiro semestre do ano pela Prefeitura de Barueri, por meio da Secretaria de Indústria, Comércio e Trabalho (SICT), através do Programa Meu Futuro. Agora tem início a segunda etapa do projeto, que preencheu 800 novas vagas em nove cursos.

Na tarde de quarta-feira (dia 18), uma bonita cerimônia realizada no Teatro Municipal de Barueri reuniu todos os alunos do Programa. Os concluintes foram homenageados e receberam seus certificados de conclusão e os novos alunos foram recepcionados e apresentados à empreitada.

Wallacy Gomes da Silva, 38 anos, formado em administração de empresas, encaixava-se nas duas turmas. É que ele estava concluindo o curso de assistente contábil e, feliz com o aprendizado recebido, inscreveu-se para o curso de elétrica que está começando.

“Achei o curso maravilhoso! Fiquei até surpreendido porque não esperava tanto. Gostei da qualidade do professor e a turma também estava empolgada. Já estou matriculado no de elétrica e, se Deus quiser, em outros também, porque a qualidade é boa”, relata Wallacy.

Dando oportunidades
Com o objetivo de dar oportunidades e facilitar o ingresso do munícipe no mercado de trabalho, o Programa Meu Futuro está com 11 cursos abertos atualmente, mas nos próximos meses chegarão a 25.

“É um projeto que nasceu da ideia de fazer um diagnóstico da demanda de mercado, baseado na necessidade dos empresários da cidade e da região. Chegamos à conclusão que o mercado precisa, nesse momento tão difícil, tão complicado de desemprego, de mão de obra mais qualificada. E por que não investir em cursos de capacitação profissional?”, explica o secretário e Indústria, Comércio e Trabalho, Joaldo Macedo Rodrigues – o Magoo.

Novidades
Aproveitando a presença do vereador Silvio Macedo, que representou a Câmara de Barueri, o secretário Magoo pediu apoio do Legislativo para aprovação de um projeto de lei que prevê o fornecimento de vale-transporte aos frequentadores do curso que estiverem desempregados. O anúncio causou euforia entre os presentes, que festejaram a iniciativa. Preocupado com a empregabilidade, o secretário também mencionou um banco curricular que a SICT está criando para disponibilizar junto às empresas da região em um esforço de encaminhar os concluintes dos cursos a melhores oportunidades de emprego.

TempTempTempTemp

Recomendado para você

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: