Guarda Municipal conduz marido agressivo à Delegacia

Logo no primeiro dia do ano (segunda-feira, 1), integrantes da Guarda Civil Municipal de Barueri detiveram um indivíduo em flagrante na rua Sergipe, bairro Aldeia de Barueri. Os agentes foram acionados para atender a ocorrência de desentendimento entre casal e, no local, foram recebidos pela vítima A.P.A., 35 anos de idade, ferida com cortes na mão direita.

“O agressor foi contido na residência e conduzido até a Delegacia Central”, informaram os guardas civis. A autoridade de plantão elaborou o registro de ocorrência de violência doméstica / lesão corporal dolosa.

A vítima relatou que tem um relacionamento de cerca de 10 anos com M.B.F., 39 anos de idade, e que discutiram no interior do veículo naquele dia. Quando retornaram para casa, o homem enfurecido teria pegado um cabo de vassoura para golpeá-la e ela, na intenção de se defender, colocou as mãos na frente e foi lesionada. O homem nega as agressões.

 

Guardiã Maria da Penha
A Guarda Municipal de Barueri conta com o programa Guardiã Maria da Penha que visa medidas de proteção e aplicação da Lei Maria da Penha com intuito de inibir a aproximação do agressor, já que os guardas municipais visitam as vítimas periodicamente. A inclusão das beneficiadas no projeto se dá pela reincidência da violência contra as mulheres, mesmo protegidas por decisão judicial.

Atualmente, o Guardiã Maria da Penha acompanha mais de 40 mulheres e já atendeu mais de 80 casos. Esse trabalho é realizado em parceria com a Coordenaria de Direitos Humanos e Combate à Violência de Gênero (da Secretaria da Mulher), responsável pelo acolhimento de cerca de 3 mil mulheres em palestras e apoio psicológico e social.

Recomendado para você

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: