3 Companhias e um objetivo: preservar a segurança da cidade

Com área territorial de 66,14km² e a 14ª economia do país, Barueri foi considerada pela revista Exame a quinta melhor cidade para se investir. E isso atrai novos moradores a cada dia. Atualmente, o município já possui quase 300 mil habitantes.

Com o crescimento populacional tão expressivo, talvez você já tenha se perguntado: como fica a segurança na cidade? Afinal, é muita gente. A resposta é que há segurança e de primeira. Isso é comprovado pelos índices disponibilizados mês a mês pela Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP). A criminalidade em Barueri vem caindo e se mantendo baixa porque existe planejamento estratégico e muito trabalho na prevenção.

Como funciona
No início de cada mês, os inspetores da Guarda Civil Municipal realizam uma reunião de planejamento para traçar metas e estratégias locais. Nelas, são mapeadas as áreas com base nos boletins de ocorrência, sinalizando locais e características das pessoas que cometeram crimes, veículos roubados, horários e demais detalhes.

Todas essas informações são planilhadas. Depois de quinze dias, uma nova reunião é feita para a avaliação do trabalho e, ao final do mês, acontece a prestação de contas. Quando necessário, ocorrem reuniões semanais e até diárias. Essa rotina é importante porque os agentes e viaturas migram para os locais de maiores focos de delitos.

Esse é o segredo do sucesso da Guarda Municipal de Barueri para manter baixa a taxa de criminalidade. A corporação é dividida, de acordo com o perímetro de atuação, em três Companhias (Cias), todas unidas com o objetivo de preservar a segurança da cidade.

1ª Cia – Região Sul
Abrange os bairros Vale do Sol, Parque dos Camargos, Jardim Silveira e Parque Viana. A demarcação é a linha do trem sentido sul. A Guarda atua com a média de 21 viaturas que realizam socorro médico, operações e bloqueios policiais diários com intuito de reduzir os furtos e roubos de veículos e comércios da região.

“Nós diminuímos bastante as ocorrências de roubo nos comércios, mas não dá para estar em todos os lugares ao mesmo tempo, por isso, usamos o sistema de mapeamento da Guarda para despachar mais viaturas aos locais que precisam com urgência, estancando o local”, explica o inspetor Ednilson Stramantino, responsável pela 1ª Cia.

2ª Cia – Região Norte
Compreende a rodovia Castello Branco, sentido interior do estado, com os bairros Parque Imperial, Mutinga, Tamboré, Alphaville, Engenho Novo, Califórnia, Boa Vista e Reginalice. É a Cia com maior território e número populacional. Nela, o trabalho é diferenciado, pois alcança dois extremos: Parque Imperial e Alphaville (área que tem o maior fluxo de dinheiro do município).

Em Alphaville está concentrado o foco de trânsito da cidade, o que implica em um planejamento mais eficaz da Guarda. “Devido ao excesso de veículos na região de Alphaville e Tamboré, realizamos uma parceria com o Demutran com os programas de conscientização, velocidade e faixa de pedestres, visando a diminuição nos índices de acidentes de trânsito”, conclui o inspetor da 2ª Cia, Wellington de Oliveira Sampaio.

3ª Cia – Região Central
Atende os bairros Vila Márcia (que há 10 anos pertencia à Jandira e hoje faz parte de Barueri), Jardim Belval, Centro e Aldeia. Atua no combate aos roubos e furtos da área comercial e é responsável pelo ônibus que realiza o monitoramento no bulevar central.

Também tem o diferencial de abranger a zona bancária, que segundo o inspetor da 3ª Cia, Alberto Euflauzino Correia, é um grande desafio. “Nosso principal atendimento preventivo é em relação à quantidade de bancos na região. Tínhamos muita ocorrência com a famosa ‘saidinha de banco’, em que o cliente saca o dinheiro e, via de regra, é vítima de roubo. Um crime que a gente vem lutando e alcançando resultado, temos um efetivo direcionado especialmente à rua Campos Sales.”

Apoio à mulher
Além das 3 Cias que trabalham em conjunto para garantir a segurança da cidade, a Guarda ainda conta com a Base Guardiã Maria da Penha, no bairro Aldeia de Barueri, que é direcionada exclusivamente à proteção da mulher.

Instalada no Batalhão Coronel Edson Santos da Silva, a Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana é de vital importância para a Guarda Municipal, pois ela viabiliza o convênio e o contato mais estreito com a Polícia Militar, a Polícia Civil e o Ministério Público. O estreitamento que a Secretaria proporciona aos outros órgãos de segurança, também é elemento decisivo no combate ao crime.

Recomendado para você

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: